♥ 51.290 notas | post details | reblog

♥ 7 notas | post details | reblog

segredosdamary:

Tudo o que eu escrevi até hoje, não foi para me vangloriar, não foi para chamar atenção para a minha pessoa, e sim, exaltar o nome de Deus. Pois, do que adiantaria ter todos os holofotes direcionado a mim, mas lá dentro do meu coração o que eu mais desejo é ser preenchida… Preenchida?Sim… Todos nós nascemos com uma pequena deficiência, ~não visível.~  Aquela que só nós sentimos, pois há algo faltando dentro de nós, é como se fossemos um quebra-cabeça, faltando a ultima peça. Tentamos de todas as formas preencher aquele ‘buraco’, mas nada tem o seu formato. Procuramos na família, no trabalho, no meio dos amigos, nas baladas, no namoro, no casamento, nas músicas, nos textos de um bom livro, no parque, na cidade,. Procuramos em todos os lugares, mas parece que nada funciona. Chegamos ao ponto de dizer que nunca seremos felizes, pois nada sasseia este sentimento. Há pessoas que pensam em tirar a vida, outras se revoltam contra a sociedade, uns culpam o universo e chegam a amaldiçoar o dia em que nasceu…Mas mal sabemos que este vazio, este espaço que nada preenche já tem um dono, porém, este Dono só poderá ocupar este lugar quando houver uma manifestação da nossa parte. Não adianta chamarmos por Ele sem de fato querermos Ele, porque Ele não virá até nós. Não adianta dizermos que acreditamos n’Ele se nós não mostrarmos que cremos verdadeiramente n’Ele. Não adianta perdermos o nosso tempo dizendo o quão Deus é maravilhoso, misericordioso, se nós não seguimos o que Ele nos ensina. Pois continuaremos vivendo de ilusão e aquele vazio continuará a nos atormentar. E para conseguirmos preencher este vazio temos que negar as nossas vontades, sacrificar tudo e viver na dependência d’Ele, sermos sinceros e verdadeiros, viver a Palavra. Enfim… assim aquele vazio poderá ser preenchido com o Espírito d’Ele, pois houve uma entrega de sua parte. E posso te garantir que tudo o que você passou antes de o conhecê-lo, boa parte dela será usada como exemplo para mudar outras vidas, pois assim como hoje eu uso as minhas lutas para te mostrar que Deus é maior que qualquer muralha, Deus usará você também para salvar mais vidas! Fiquem na Fé"XOXO"                                             (MarizeneQueiroz.)

segredosdamary:

Tudo o que eu escrevi até hoje, não foi para me vangloriar, não foi para chamar atenção para a minha pessoa, e sim, exaltar o nome de Deus. 
Pois, do que adiantaria ter todos os holofotes direcionado a mim, mas lá dentro do meu coração o que eu mais desejo é ser preenchida… 
Preenchida?
Sim… Todos nós nascemos com uma pequena deficiência, ~não visível.~  Aquela que só nós sentimos, pois há algo faltando dentro de nós, é como se fossemos um quebra-cabeça, faltando a ultima peça. 
Tentamos de todas as formas preencher aquele ‘buraco’, mas nada tem o seu formato. Procuramos na família, no trabalho, no meio dos amigos, nas baladas, no namoro, no casamento, nas músicas, nos textos de um bom livro, no parque, na cidade,. Procuramos em todos os lugares, mas parece que nada funciona. Chegamos ao ponto de dizer que nunca seremos felizes, pois nada sasseia este sentimento. Há pessoas que pensam em tirar a vida, outras se revoltam contra a sociedade, uns culpam o universo e chegam a amaldiçoar o dia em que nasceu…
Mas mal sabemos que este vazio, este espaço que nada preenche já tem um dono, porém, este Dono só poderá ocupar este lugar quando houver uma manifestação da nossa parte. Não adianta chamarmos por Ele sem de fato querermos Ele, porque Ele não virá até nós. Não adianta dizermos que acreditamos n’Ele se nós não mostrarmos que cremos verdadeiramente n’Ele. Não adianta perdermos o nosso tempo dizendo o quão Deus é maravilhoso, misericordioso, se nós não seguimos o que Ele nos ensina. Pois continuaremos vivendo de ilusão e aquele vazio continuará a nos atormentar. 
E para conseguirmos preencher este vazio temos que negar as nossas vontades, sacrificar tudo e viver na dependência d’Ele, sermos sinceros e verdadeiros, viver a Palavra. Enfim… assim aquele vazio poderá ser preenchido com o Espírito d’Ele, pois houve uma entrega de sua parte. E posso te garantir que tudo o que você passou antes de o conhecê-lo, boa parte dela será usada como exemplo para mudar outras vidas, pois assim como hoje eu uso as minhas lutas para te mostrar que Deus é maior que qualquer muralha, Deus usará você também para salvar mais vidas! 
Fiquem na Fé
"XOXO"
                                             (MarizeneQueiroz.)

♥ 1 nota | post details | reblog

♥ 1.337 notas | post details | reblog

Caminho certo. fazem hoje 3 anos!

Caminho certo. fazem hoje 3 anos!



http://www.youtube.com/watch?v=5d3VpsfOPAs#t=254

Nossas escolhas remetem a isto… Sofrimento.
O ser humano persiste em continuar no erro, acham que sozinhos vão longe, mas não é bem assim. Um dia eu também achei que “sozinha” iria conquistar o mundo! Mas no fim acabei sendo pisoteada por ele. (diabo)
Podemos sim vencer o mundo, mas com Deus. Sem Ele não vamos a lugar algum. Bençãos materiais são fáceis de serem conquistadas mas, “está escrito: não só de pão viverá o homem." Temos que investir na nossa vida espiritual. Pois só assim seremos felizes, pois teremos a certeza da nossa salvação, a certeza que temos uma aliança inquebrável com Deus.  
E em outro versículo está bem nítido o quão eu fui influenciada pelo diabo…  ”E elevando-o, mostrou-lhe, num momento, todos os reinos do mundo. Disse-lhe o diabo: Dar-te-ei toda esta autoridade e a glória destes reinos, porque ela me foi entregue, e a dou a quem eu quiser. Portanto, se prostrado me adorares, toda será tua. Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a ele darás culto" (Lucas: 4. 4,5,6,7,8).
Veja que a todo o momento somos ludibriados pelo diabo, ele tentou fazer isso com o Senhor Jesus e, está fazendo com todos nós. O ser humano quando não tem a direção de Deus vira presa fácil para o diabo, e nos faz achar que iremos conquistar o mundo,”sozinhos” mas o MUNDO inteiro jaz no maligno (1 João: 5.19). Por isso que temos que ser como o Senhor Jesus, andarmos em espírito. Propostas fáceis virão, mas todo caminho mais rápido há uma armadilha. Então, tomemos muito cuidado com estas ciladas. APENAS CONFIE, pois não importa o quão demorado seja, tenha sempre a certeza que Deus lhe abençoará. 

e está escrito Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: A NOSSA FÉ. Quem é o que vence o mundo, senão aquele que crê ser Jesus o Filho de Deus? (1 João: 5. 4,5)

PS: Somente Aquele que entregou a sua própria vida para nos salvar, poderá lhe ajudar, busque á Deus neste exato momento e tu verás a manifestação do poder d’Ele em sua vida!

#NAFÉ
                                           (MarizeneQueiroz)


      O dedo acusador!
O quê fazer quando há alguém que vive nos acusando. Diz que somos isso, aquilo, chega a dizer que não somos de Deus, e sim do diabo! Humilha-nos, pisam e cospem na nossa face?Por um momento nos sentimos como uma ovelha frágil, achamos que somos a pior espécie do mundo, nos entristecemos, choramos e choramos… Dizemos que é uma injustiça, nos lamentamos nos revoltamos, e voltamos a chorar novamente… Falamos com Deus para julgar a nossa causa, que estamos na total dependência d’Ele, porém, com as nossas atitudes mostramos o contrário, e sempre damos um motivo para que nos julguem novamente, pois não VIGIAMOS.O homem não está livre do julgamento, nem o Senhor Jesus escapou, muitos judeus olharam para Jesus e o chamaram de filho do diabo, duvidaram da Santidade d’Ele, ameaçaram a jogar pedras por dizer que era Filho de Deus, por dizer a verdade.Mas em nenhum momento vimos o Senhor Jesus se lamentar. Pelo contrário a suas obras o glorificavam a todo o momento, se não criam no que Ele dizia, então tinham que crer no que viam!Vemos a diferença de ambos, Jesus se revoltava contra a cegueira que aquele povo se encontrava, mas nem por isso Ele ficou resmungando, e sim, comprava a briga. Quanto a nós por quanto tempo iremos continuar deixando de glorificar a Deus sendo igual a Pedro, que negou a Jesus 3 vezes antes que o galo cantasse.Vamos parar para pensar, será que iremos continuar a viver nos lamentando, nos fazendo de coitadinhos, só porque um ou duas pessoas estão apontando o dedo e nos criticando, nos difamando, ao invés de glorificarmos o nosso Deus mostrando com as nossas Obras que somos Filho d’Ele e não importar o que pensam, digam, nada vai mudar isso. Vamos acordar e pararmos de sermos HIPÓCRITAS dentro da casa do Senhor, pois essas atitudes mostra que não temos um pingo de Temor para com Deus, mostra que somos iguais a Filipe que por tanto tempo esteve andando com Deus e não havia conhecido a Ele. Vamos mudar esta situação!#Nafé                                             Mary Queiroz.

      O dedo acusador!

O quê fazer quando há alguém que vive nos acusando. Diz que somos isso, aquilo, chega a dizer que não somos de Deus, e sim do diabo! Humilha-nos, pisam e cospem na nossa face?
Por um momento nos sentimos como uma ovelha frágil, achamos que somos a pior espécie do mundo, nos entristecemos, choramos e choramos… Dizemos que é uma injustiça, nos lamentamos nos revoltamos, e voltamos a chorar novamente… Falamos com Deus para julgar a nossa causa, que estamos na total dependência d’Ele, porém, com as nossas atitudes mostramos o contrário, e sempre damos um motivo para que nos julguem novamente, pois não VIGIAMOS.
O homem não está livre do julgamento, nem o Senhor Jesus escapou, muitos judeus olharam para Jesus e o chamaram de filho do diabo, duvidaram da Santidade d’Ele, ameaçaram a jogar pedras por dizer que era Filho de Deus, por dizer a verdade.
Mas em nenhum momento vimos o Senhor Jesus se lamentar. Pelo contrário a suas obras o glorificavam a todo o momento, se não criam no que Ele dizia, então tinham que crer no que viam!
Vemos a diferença de ambos, Jesus se revoltava contra a cegueira que aquele povo se encontrava, mas nem por isso Ele ficou resmungando, e sim, comprava a briga. Quanto a nós por quanto tempo iremos continuar deixando de glorificar a Deus sendo igual a Pedro, que negou a Jesus 3 vezes antes que o galo cantasse.
Vamos parar para pensar, será que iremos continuar a viver nos lamentando, nos fazendo de coitadinhos, só porque um ou duas pessoas estão apontando o dedo e nos criticando, nos difamando, ao invés de glorificarmos o nosso Deus mostrando com as nossas Obras que somos Filho d’Ele e não importar o que pensam, digam, nada vai mudar isso. 
Vamos acordar e pararmos de sermos HIPÓCRITAS dentro da casa do Senhor, pois essas atitudes mostra que não temos um pingo de Temor para com Deus, mostra que somos iguais a Filipe que por tanto tempo esteve andando com Deus e não havia conhecido a Ele. Vamos mudar esta situação!
#Nafé


                                             Mary Queiroz.


João 13: Amando quem não merece

Todo este capítulo se dá ao redor de uma mesa de jantar, com Jesus e os doze discípulos. Jesus sabia que “era chegada Sua hora”, portanto quis passar Seus últimos momentos bem perto de Seus discípulos para lhes deixar lições preciosas. João ressalta que o Senhor “amou-os até o fim”.

Se tão somente os casais captassem e praticassem esse tipo de amor, o amor que ama até o fim… Não divorciariam. Não se digladiariam nem rasgariam os corações de seus parceiros nem os de seus filhos com atitudes egoístas.

Amar até o fim. Que conceito estranho para muita gente. A maioria ama com limites. Ama até o dinheiro acabar, enquanto a “química” rolar, ou até aparecer outra pessoa mais interessante.

Olhemos também para quem Jesus amou até o fim. Um que o traiu e vendeu por trinta moedas. Outro que negou três vezes que O conhecia. Outro que duvidou da ressurreição d’Ele. Outros que brigavam entre si pelo título de mais importante. Homens que às vezes O irritavam ao ponto de desabafar, dizendo: “Até quando aguentarei vocês?”

Apesar de tudo isso, Ele os amou até o fim. E lhes deu uma lição inesquecível desse tipo de amor, lavando-lhes os pés. “Eu lhes dou este novo mandamento: Amem uns aos outros. Assim como Eu os amei, amem também uns aos outros.”

Esse tipo de amor não tem nada a ver com sentimentalismo, com boas maneiras recheadas de hipocrisia, nem com palavras doces com a intenção de impressionar. O amor que Jesus espera de nós aqui é o amor marcado por servir à outra pessoa, considerá-la maior que nós mesmos, mesmo que não seja.

Honestamente, quantas vezes falhamos em praticar esse amor? Quantas vezes queremos fazer qualquer coisa menos servir aquela pessoa chata, mesquinha, que nos irrita como uma pedra no sapato? Quantas vezes nos consideramos maiores e mais importantes que os outros?

Jesus não apenas nos dá esse novo mandamento, como também afirma que a prática dele é o sinal de que realmente somos Seus discípulos.

Impossível de cumprir?

Somente quem já conheceu e recebeu o amor de Deus pessoalmente pode oferecer esse tipo de amor para a esposa, o marido, amigos e inimigos. Como não dar um pouco para quem não merece, se eu sem merecer recebi tanto?

(Tirado do blog do Bispo Renato Cardoso. : renatocardoso.com/blog/ )


João 12: Fogo, lenha e dinheiro
Já no início do capítulo, Jesus volta novamente à Betânia, cidade onde os eventos do capítulo anterior aconteceram. No final do onze, depois de ressuscitar Lázaro e gerar outra comoção na cidade, Ele se retirou para Efraim, região central e montanhosa de Israel, de difícil acesso, aproximadamente 40 quilômetros ao norte de Jerusalém. Ficou lá por um tempo com Seus discípulos, visto que os líderes judeus a essa altura já estavam planejando Sua morte e andavam a Sua procura.

O que observei foi que essa atitude de Jesus era um padrão. Ele vinha e causava algum alvoroço (mesmo se fosse sem querer); quando as coisas esquentavam e os judeus tentavam lhe prender ou matar, Ele se retirava para algum lugar distante e deixava as coisas esfriarem por um tempo. Claro, enquanto isso seguia trabalhando. Depois, voltava novamente. Mesmo aqui neste capítulo, O vemos fazendo isso (v. 36).

É importante às vezes “nos retirarmos” do meio da agitação para recobrarmos nossas forças, ajustarmos nosso foco, planejarmos nosso próximo passo. Poderíamos chamar esse padrão de “cortar lenha, queimar lenha”. Há hora de afiar o machado e cortar lenha. E há hora de fazer uma fogueira. Depois do fogo baixar, precisamos cortar mais lenha… E assim, tanto o cortar lenha quanto o queimar lenha nos aquece. É o exercício da inteligência e da fé, da prudência e da ação.

Em sua vida agora, é hora de cortar lenha ou acender o fogo?

Um outro evento digno de comentário foi a reação de Judas à atitude de Maria em “desperdiçar” aquele caríssimo perfume aos pés de Jesus. Trezentas moedas de prata equivaliam a trezentos dias de trabalho de um trabalhador comum. No valor do atual salário mínimo no Brasil, isso seria R$ 9.245 — ou $4.195 dólares.

Note que Judas, mais tarde, venderia o Senhor Jesus por apenas dez por cento desse valor, ou trinta moedas de prata. Esse era o valor de Jesus para ele. Não é de surpreender que tenha ficado horrorizado com a oferta de Maria.

O tema de dinheiro e ofertas sempre será um divisor de pessoas e opiniões. Isso porque poucas coisas mexem mais com o ser humano do que o dinheiro.

Para uns, dízimos e ofertas são um absurdo, um roubo, uma exploração, um desperdício. Para outros, são dignas expressões de fé, gratidão e amor pelas bênçãos impagáveis de Deus.

As pessoas do tipo Judas estão sempre pensando o que poderiam fazer com X de dinheiro para si. As pessoas do tipo Maria estão sempre pensando o que mais poderiam dar a Jesus para significar a entrega pessoal.

Assim como o dinheiro foi o laço e o fim de Judas, também o tem sido para muita gente.

Por outro lado, para outros, o desprender das coisas materiais tem sido o começo de uma nova vida.

(Tirado do blog do Bispo Renato Cardoso. : renatocardoso.com/blog/ )


Raiva em vez de tristeza (João 11)

Jesus aproveita a doença e morte de Lázaro para mostrar Sua superioridade sobre ambas. Perceba a demora proposital de Jesus para atender o chamado de Marta e Maria para vir socorrer o irmão enfermo. Às vezes não entendemos por que as respostas às nossas orações são demoradas ou nunca chegam como queremos. Mas os que confiam na sabedoria e no plano maior de Deus, sempre recebem a melhor resposta.

Jesus teve uma reação um tanto estranha nos versículos 33 e 38 ao deparar-se com a morte de Lázaro, suas irmãs e os judeus que ali choravam. Diz que Jesus “moveu-se muito em espírito e perturbou-se”. O original grego usa uma palavra muito forte para descrever isso, enebrimēsato, que tem o sentido de “repreender fortemente, ficar bravo, com raiva no espírito”.

O sentimento que você normalmente espera ter ao ouvir que alguém muito querido morreu é de tristeza. Mas Jesus ficou bravo, com raiva, perturbado com aquilo tudo. Por quê?

Algumas razões incluem:

  • A incredulidade das irmãs, mesmo Ele tendo dito para elas que se cressem, veriam a glória de Deus
  • A reação emotiva de todos, chorando, derrotados diante da morte, ainda que estavam diante do Autor da Vida e não O reconheciam
  • Os comentários dos judeus que questionavam se Jesus realmente amava Lázaro, visto que “não fez nada por ele”
  • A raiva que sentiu ao ver o estado caído, fraco e impotente das pessoas diante da doença e da morte, ambas consequências do pecado humano

Por isso, com raiva santa, Jesus logo avançou com convicção e veemência para ressuscitar Lázaro, mostrando assim Sua supremacia sobre a morte.

É claro que tudo aquilo foi um grande ensinamento deixado para nós. Temos também de ter raiva no espírito contra toda incredulidade, sentimentalismo que nos enfraquece, dúvidas de Deus, e do pecado que nos mata aos poucos e no final nos lança no inferno. Temos de crer totalmente no Autor da Vida e vencer tudo isso.

Ainda hoje, não há solução para a morte e inúmeras doenças que afligem a humanidade. Mas como Jesus disse:

Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim nunca morrerá. Você acredita nisso?

Você acredita?

Então receba VIDA aí agora, onde você está, ao ler isso!

Tirado do blog do Bispo Renato Cardoso. ( www.renatocardoso.com )



Aprendi que tudo que plantamos iremos colher. Mas toda semente tem seu tempo determinado para germinar, uns demoram um pouco mais que outros, mas se você tiver paciência o resultado da sua espera será magnífico! 
Se ao decorrer da sua vida você plantou sementes boas por onde você passou, não olhou paras as dificuldades (a terra não era tão boa), para as tempestades (parecia que as sementes iriam se afogar), para o deserto ( a ceca bateu tão forte que você pensou em desistir) não olhou para nada disto; pode ter certeza que você colherá bençãos sem medidas! Eu creio, você crê?  :)"XOXO"                                                   MaryQueiroz.


Aprendi que tudo que plantamos iremos colher. Mas toda semente tem seu tempo determinado para germinar, uns demoram um pouco mais que outros, mas se você tiver paciência o resultado da sua espera será magnífico! 

Se ao decorrer da sua vida você plantou sementes boas por onde você passou, não olhou paras as dificuldades (a terra não era tão boa), para as tempestades (parecia que as sementes iriam se afogar), para o deserto ( a ceca bateu tão forte que você pensou em desistir) não olhou para nada disto; pode ter certeza que você colherá bençãos sem medidas! Eu creio, você crê?  :)

"XOXO"

                                                   MaryQueiroz.

♥ 1 nota | post details | reblog

Perdão =

                              A um dom.



Geralmente quando alguém briga conosco, chamam a nossa atenção por algum motivo, ficamos revoltadas, triste, zangadas. Não queremos olhar na cara daquela pessoa por um tempo determinado por nós mesmos. E logo vem este pensamento: “Se ela não vier pedir desculpas, eu não irei pedir por ela”. E por este simples ato, acabamos ficando com mais raiva daquela pessoa por dois motivos: 1º: Ela não veio pedir desculpas. Achamos que ela é egoísta e não quer nunca assumir a sua falha.  (Neste caso, é muito raro a pessoa saber aonde ela errou…) 2º: Ela sempre erra naquele ponto, sabe que ali é o seu ponto fraco, e por isso vive pedindo desculpas. E quando ela vem insistentemente acabamos chamando-a de falsa/hipócrita, julgamos que ela não tem jeito.
às vezes a raiva é tanta, que ao invés de pedirmos desculpas por elas, ou perdoá-las, preferimos guardar mágoa da pessoa.
 EX: Analisemos a reação de uma criança:
Quando uma criança faz alguma arte, repreendemos e colocamos de castigo para que ele venha a pensar no que ela fez. Depois que a criança está mais calma, voltamos lá, e perguntamos se está tudo bem, e se ela aprendeu com o castigo, logo deixamos a criança ir. Menos de cinco minutos depois, ela volta a fazer tudo àquilo de novo, voltamos a brigar com ela, e a pobrezinha fica emburrada conosco, porém, mais cinco minutos se passam, e ela já esqueceu e volta a fazer tudo de novo e a forma dela pedir desculpas é fazendo uma careta para você sorrir. As crianças tem esse dom de perdoar rapidamente.  Ao nosso ver isso se chama teimosia, mas nem sempre se trata disto. Outro nome é dado quando isso acontece: INOCÊNCIA. Elas são tão puras que não sabem o que é mágoa, acabam esquecendo e logo voltam a brincar.
E é exatamente assim que o Senhor Jesus quer que sejamos. Que nunca deixemos de ter um coração puro como o de uma criança. Não importa quantas vezes te chamaram atenção, não importa se você está sofrendo perseguições. O que realmente importa é que sempre teremos que perdoar.
Acautelai-vos Se teu irmão pecar contra ti, repreende-o, se ele se arrepender, perdoa-lhe.
Se, por sete vezes no dia, pecar contra ti e, sete vezes, vier ter contigo, dizendo: Estou arrependido, perdoa-lhe.” (Lucas 17: 3,4).

                                         MaryQueiroz


♥ 11 notas | post details | reblog

PAGE 1 OF 522
1 2 3 4 5 »